É que eu cliquei no “tanto faz”!

O tanto faz foi uma necessidade. Algo que você mesmo provocou. Você me tinha sempre que queria, do jeito e a hora que queria. Você me plantou um sorriso besta no rosto, mas bagunçava muito minha cabeça com suas constantes alterações de humor. Você me deixava feliz e triste. Você me fazia bem e mal. […]