Uma ode ao orgulho!

Eu queria ser um robô. Pra ficar imune à decepção e pra que não fosse necessário o orgulho pra ser forte. Pra que ninguém me machucasse. E assim, eu seria uma rocha e ninguém me faria mal, nunca. Por nada. Só que eu nasci gente e não existe nenhum aplicativo que faça alarme quando estamos à […]

Quando o desinteresse gritou

Talvez você se pergunte o que houve, pense que o desinteresse veio do nada. E até diga a si mesmo que eu pirei, chutei o balde à toa, perdi um partidão (ai, socorro! Nem era tudo isso!). Falta de avisos não foi… Você não me ouvia mais, passou a não me enxergar, o respeito só […]

Como sobreviver ao príncipe que na verdade era sapo

O príncipe não se torna um sapo. É o sapo que vem disfarçado de príncipe. Já dizia Vovó: “cuidado com esses caras que começam trazendo flores”. Durante minha adolescência, eu era muito ingênua para entender como uma pessoa que me trazia flores, merecia atenção especial e pouca confiança. Estava ainda na fase de acreditar que […]