É que eu cliquei no “tanto faz”!

O tanto faz foi uma necessidade. Algo que você mesmo provocou. Você me tinha sempre que queria, do jeito e a hora que queria. Você me plantou um sorriso besta no rosto, mas bagunçava muito minha cabeça com suas constantes alterações de humor. Você me deixava feliz e triste. Você me fazia bem e mal. […]

Permita-se desapaixonar!

Sim, exatamente: desapaixonar-se. Claro que o caminho inverso, apaixonar-se, é mais fácil. É só deixar o coração bater mais forte, deixar os pensamentos fazerem ninhos e não ser dura consigo mesma. Acreditar. Saber amar, como bem nos ensinou Herbert Vianna – Paralamas do Sucesso – “é saber deixar alguém te amar”. E ser amado é […]

Uma ode ao orgulho!

Eu queria ser um robô. Pra ficar imune à decepção e pra que não fosse necessário o orgulho pra ser forte. Pra que ninguém me machucasse. E assim, eu seria uma rocha e ninguém me faria mal, nunca. Por nada. Só que eu nasci gente e não existe nenhum aplicativo que faça alarme quando estamos à […]

Ela se cansou, foi isso, querido!

Gostar também cansa rapaz. E ela se cansou. Me surpreende você questionar o que a fez te ignorar, assim “do nada”. Ela tentou ser seu sol, ela quis entrar no seu mundo, ela quis fazer parte do seu cotidiano. Você deixou? Preferiu fazer joguinhos. Ela conversou.  Ela acreditou em você. Nas noites em que se […]